CLICK HERE FOR THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES »

Agonia... Solidão

Agonia... Solidão

sábado, 12 de janeiro de 2008

Cruz e Souza

As asas da minh’alma estão abertas!
Podes te agasalhar no meu Carinho,
Abrigar-te de frios no meu Ninho
Com as tuas asas trêmulas, incertas.

Tu’alma lembra vastidões desertas
Onde tudo é gelado e é só espinho.
Mas na minh’alma encontrarás o Vinho
e as graças todas do Conforto certas.

Vem! Há em mim o eterno Amor imenso
Que vai tudo florindo e fecundando
E sobe aos céus como sagrado incenso.

Eis a minh’alma, as asas palpitando
Com a saudade de agitado lenço
o segredo dos longes procurando…

8 comentários:

Lú disse...

Parabéns pelo Blog! Fantástico!
Beijos

cavalo marinho com asas disse...

Gostei muito deste teu espaço! Gostei de saber que a tua alma também tem asas!A minha também tem!
Vou voltar...

foryou disse...

E deixo-te aqui um beijo enorme e um obrigada!!!

Desassossego disse...

Sim, não és o Alquimista... mas pela beleza das palavras ele não se deve importar...
Beijo doce...

Som Do Silêncio © disse...

Vim através de um blog de uma amiga e gostei muito do que li, voltarei para te ler melhor.
Beijos

Kianda disse...

Estendem-se os braços e ouve-se então 'vem.. há em mim amor' ... e tudo cabe ali, no instante de um abraço..!

Senti um abraço(",)

Um Momento disse...

Sentires, sentidos...
Coração terno
Sorriso carinhoso...
Tão belo...
Muito obrigado por tão belas palavras e sentires partilhares
E já agora...
O teu novo baptismo...sopro-lhe um beijo *
Tem uma noite linda na Paz dos Anjos

Beijo imenso abraçado em ternura ao eu coração
(*)

Kalaari disse...

Obrigado por ser o sonhador que é. Não podemos deixar morrer os nossos sonhos. Que seria da vida sem eles?
Vera Lucia